Reunião Emergencial do diretório estadual de SP – 20/07/16

participantes: Wilson, Renan, Yuri Caryjo, Rachel, Tatiana, Henrique Bonzo, Fabio, Eduardo Lima, Murilo, Fabiano Macedo
pauta:
 * avaliação da Assembléia Estadual SP de 16.07.16 (https://pirata.hackpad.com/Ata-da-Assemblia-Estadual-SP-2016-Nx5x4eNuwe5)
 * participação do coletivo Noroeste Paulista no Piratas
 * chamada para os trabalhos na Anapirata II que ocorrerá em novembro
 
ata: conversamos sobre as dificuldade com a Assembleia Estadual, cansaço dos secretarios pela centralizaçao de responsabilidades. Dificuldade de comunicaçao durante a ultima Assembleia Estadual. Falta de participaçao dos piratas associados. A necessidade de contemplar o interior de SP com mais visibilidade e atençao.
Encaminhamentos: 
* mobilizar uma nova Assembleia Estadual Emergencial SP (http://saopaulo.partidopirata.org/documentos/regimento-estadual/) (TAT, articulação: levantar informaçoes sobre associados, enviar emails e contactar membros do diretorio estadual)
* Eduardo Lima disponibilizou a organizaçao presencial em Sao Jose do Rio Preto
* precisamos verificar como executar a participaçao remota e a consequente validade juridica do processo eleitoral (escrever ao GTJ – quem pode fazer isso?)
* criação de uma secretaria colegiada (como gerenciar? quem vai participar?)
* criação de um cadastro no unlock (https://unlock.fund/pt-BR)
* marcar uma reuniao para deliberar sobre a Anapirata II dia 02 ou 03 de agosto de 2016 (TAT)

Anexos:


Parte do Regimento Estadual relacionado as Assembleias:


Art. 16 – A Assembléia Pirata Estadual é a instância máxima de decisão em âmbito estadual e é constituída por todos os membros reconhecidos do Partido Pirata no estado de São Paulo e tem como função:

I – Definir a interpretação autêntica de termos e normas deste  Regulamento, do Programa Estadual do Partido ou de qualquer outro documento oficial, respeitados os limites legais;

II – Modificar este Regulamento;

III – Decidir os membros dos demais órgãos permanentes do Partido Pirata no estado;

IV – Aumentar ou reduzir o número de Coordenadores, respeitados o mínimo previsto neste Regulamento e a participação igualitária das diferentes regiões do estado.

V  – Decidir sobre alianças, coligações e outras orientações gerais  eleitorais para o Partido em nível estadual quando assim autorizado pela  Assembléia Pirata Nacional;

VI – Escolher candidatos a Deputado Estadual a Governador do estado de São Paulo.


Art. 17 – A Assembleia Pirata Estadual se reunirá:

I – Ordinariamente uma vez por ano;

II – Extraordinariamente, quando convocada por qualquer órgão da Executiva Estadual, ou por, no mínimo, 10% dos membros  reconhecidos pelo Partido no estado de São Paulo.

Art. 18 – O quórum para a deliberação da Assembleia Pirata Estadual será a totalidade dos membros reconhecidos pelo partido que se inscreveram e compareceram à Convenção Estadual.


Leave a Reply

More informationens

PIRATAS-SP no Facebook